Antero Alberto de Abreu

  • Nome Completo: Antero Alberto de Abreu
  • Tipo de Escritor: Poeta
  • Nasceu em: 22 de fevereiro de 1927, Luanda, Angola
  • Faleceu em: 15 de março de 2017, Viana do Castelo, Portugal
  • Profissao: Advogado

Fez os seus estudos primários e secundários em Luanda, tendo concluído o liceu nessa cidade. Partiu em seguida para Portugal para estudar direito, primeiro em Coimbra e posteriormente em Lisboa, onde terminou o curso.

Enquanto estudante em Lisboa foi dirigente da Casa dos estudantes do Império – CEI.

Após a sua formação regressou ao país e exerceu advocacia em Luanda tendo sido, durante o tempo colonial um profuso activista no incremento associativo e cultural de Luanda, destacando-se particularmente a sua actividade no Departamento cultural da Associação dos Naturais de Angola – ANANGOLA.

Publicou os seus primeiros poemas no Meridiano, Boletim da Casa dos Estudantes do Império em Coimbra. Possui poemas e contos publicados em diversas revistas e páginas literárias, nomeadamente: Mensagem (CEI), Via Latina, Mensagem (ANANGOLA), Cultura (II), ABC, A Província de Angola, Itinerário, Vértice, e outras mais.

Possui igualmente textos publicados em antologias, nomeadamente: Antologia Poética Angolana (1950), Poetas Angolanos (1959), Antologia Poética Angola (1963), Mákua, III (1963), No Reino de Caliban. Antologia Panorâmica da Poesia Africana de Expressão Portuguesa.

Antero de Abreu é considerado por Francisco Soares um dos escritores mais ligados à mentalidade formadora dos autores da revista Mensagem. A sua lírica "revela um sentido do ritmo (rima) diferente do dos seus companheiros, bem como uma intensificação e uma variedade maiores no uso dos recursos retóricos e nas relações intertextuais que constroí." Sobre os poemas escritos na época do liceu, este crítico diz que: "eram os únicos a revelar uma amadurecida absorção do verso e da estrofe modernistas." In: Francisco Soares. Notícia da Literatura Angolana. Lisboa, Imprensa Nacional – Casa da Moeda, 2001. Colecção Escritores dos Países de Língua Portuguesa, n.º 22, p.195.

É membro fundador da União dos Escritores Angolanos.

Pulicações

  • 1978 - A tua Voz Angola (1978), Luanda, União dos Escritores Angolanos
  • 1978 - 1987 - Poesia Intermitente (Lisboa, Edições 70)
  • 1987 - Permanência, (Lisboa, Edições 70)
  • 1992 - Textos sem Pretexto