O QUE SERÁ AGORA?

Hoje é história, Ontem foi presente, Hoje é memória, mas otem foi a gente.

Hoje é história
Ontem foi presente
Hoje é memória
Ontem foi a gente.

O que será agora?
O relógio conta as horas
Ninguém quer ficar, mas ninguém vai embora
A gente só se olha.

O que será agora, o vazio está em nós
Que o fim chegou
Até já passa da hora.

O que será agora, nada para escrever
Nada para ler
E olhar já nem chora.

Sonetosde um homem triste - Jack Kim - 2016
https://youtu.be/6Ns8tTuoY2E

Conteúdos Populares

Últimas no Espaço Aberto

Poetas em linha

  • Visitantes: 22
  • Membros: 0
Lusofonia Poética - Portal de poesia lusófona © desde julho de 2007
Regras, Termos & Condições de uso