familia

o dia clareou foi apenas um sonho que eu madruguei e continuo

tentando não esquecer dos teus conselhos,que me deixaram mais cuidadoso comigo

e com as pessoas que amo,sua proteção exagerada me desprotegeu

mas depois eu entendi que nessa vida nem tudo se leva

talvez por isso tenha mudado tanto,talvez por isso tenha percebido que as pessoas que amo

mudam constantemente.

Conteúdos Populares

Últimas no Espaço Aberto

Poetas em linha

  • Visitantes: 57
  • Membros: 12
    • José Barros
    • Antóni Silva
    • Joana Oliveira
    • Paulo Silva
    • Ana Costa
    • Elsa Simões
    • Helena Costa
    • Mário Atónio
    • Telma Oliveira
    • Ricardo Carvalho
    • Sónia Silva
    • Leandro Correia
Lusofonia Poética - Portal de poesia lusófona © desde julho de 2007
Regras, Termos & Condições de uso