Poemas e poesia de Pensamentos

Moncler UK Cheval Sleeveless Down Vests Unisex In Black [3fbc] - $233.00 : Professional Moncler Down

http://www.monclermen.cn/">moncler sale http://www.monclermen.cn/">moncler outlet store
Publicado em 12.01.2018, por tnodeetermarc tnodeetermarc

O TIJOLO E O LAR

O TIJOLO E O LAR Você viu a porta Eu, a liberdade.   Você viu o carro, Eu, a paisagem.   Você amou o prato Eu, a lembrança do gosto.   ...
Publicado em 29.12.2017, por Vera Lúcia Crevin Silva

SENTIMENTOS

Os sentimentos são como pássaros, voam, voam, voam...
Publicado em 08.10.2017, por Rita Padoin

Vago

A poesia é rosa se planta  se cria se colhe em dois dedo de prosa a poesia é espinho não mata fome não paga conta só da carinho a poesia é...
Publicado em 30.09.2017, por Guilherme Pimenta

A PSICOLOGIA E O CANTO

Subi aos aranha-céus do meu psico-lírico De onde guardo as questões primárias Do meu eu enquanto sou a dica fanática Das murchas e debilitadas mentes eróticas E...
Publicado em 14.09.2017, por Guilherme Tchitalakumbi Katotala

Sepultura Aberta

Naquela noite Pareciamos tão Desprovidos de luz Vagarozamente adormecendo Envoltos nas sombras Um abraço amargo Consumado com agonia Tudo é estranho E o mais estranho são os cadáveres...
Publicado em 15.08.2017, por Sadi Becker

Poesia

Poesia Poesia algo que me faz dizer o que não escrevia Poesia algo que me deixa fazer algo que não conseguia Poesia, mas quem diria que um dia eu perderia o meu tempo a escrever ...
Publicado em 14.06.2017, por Luís Pacheco

todo eu sou um todo

faço parte de um todo nada igual a mim e não sendo esse todo  ele é parte de mim. é a parte obscura o meu lado ruim o lado mais fraco do ser que há em mim. um todo crescente...
Publicado em 04.04.2017, por Rui Daniel Fereira

Poema Inacabado

Numa praia distante ficou meu corpo abandonado! Sonho esquecido Coração afogado Náufrago perdido Abraço não dado. Numa praia longínqua ...
Publicado em 29.01.2017, por Ricardo Maria Louro

Fênix

https://wordpress.com/read/feeds/58820495/posts/1289811877
Publicado em 15.01.2017, por Pierry Mantoan

Inábeis

Mulheres engessadas, inexpressivas, repletas de nada; tácitos disfarces, formas deformadas; débeis parideiras de anjos agonizantes, anjos quadrados. Um saco de oração, outro de...
Publicado em 12.01.2017, por Tereza Duzai

QUANDO ENLOUQUECER

Um dia sei que enlouquecerei Espero muito que isto aconteça Porém quando eu enlouquecer, Não quero que seja por um ato de desespero Nem pela perda da razão Será mais...
Publicado em 25.11.2016, por Célio Govedice

Incertezas

Incertezas
Publicado em 07.10.2016, por Ivan Perdigão

Em quanto

Em quanto passo num com passo no passo  Em quanto canto num canto no canto Em quanto choro no sonho um silêncio no sonho Em quanto isso a mão na poesia.
Publicado em 05.10.2016, por osmar sebastião

Palavra

Uma palavra se esconde  no canto da casa imagino avista-la. Caminho... a casa que sempre conhecera minhas pegadas nunca estivera tão diferente. O tapete de minha velha mãe me...
Publicado em 30.09.2016, por Fabricio Silva

Flutuando

           Hoje não canto           apenas deixo           meu pensamento        ...
Publicado em 29.09.2016, por Neide Himenes

De todos os meus sentimentos.

O que mais me incomoda. E o que não digo. Pois pesa na consciencia. carregar lhe para todos os lados. E que só eu sei. E nunca o disse. Tracajá ...
Publicado em 27.09.2016, por Jorge Teixeira

Viver

A vida é uma coisa árdua e amarga,mas também é suave e doce.Tem suas duas faces.
Publicado em 18.09.2016, por Rayssa Ribeiro

SONETO ITALIANO

Soneto italiano   Os versos consagrados do soneto Clássico-os decassílabos heróicos, Contrariando qualquer juízo, prognóstico, Ora, sem mais demora, esculpo,...
Publicado em 07.09.2016, por Inaê Sodré

Vão

Vão, por definição, é uma palavra medonha. A qual, muitas vezes, utilizamos apenas ao tratar do espaço vazio entre o ônibus, o trem e a plataforma. Para além disso,...
Publicado em 31.08.2016, por Ramon Souza

Conteúdos Populares

Últimas no Espaço Aberto

Poetas em linha

  • Visitantes: 24
  • Membros: 0
Lusofonia Poética - Portal de poesia lusófona © desde julho de 2007
Regras, Termos & Condições de uso