Meu lugar

          

           Ao abrir a janela

           O dia me convida

           Bela manhã cheia de vida

           Sol luz e, uma rosa amarela

                         **

           Lindo e alegre dia

           Formigas incansáveis operando

           A aranha o mosquito esperando

           Cada qual é um vigia

                       **

         Eu faço parte desse lugar

         Devotado, humorado ,elementar

         Fim de passeio, nada à lamentar

         Espaço que amo, estórias pra se contar

               

 

 

Conteúdos Populares

Últimas no Espaço Aberto

Poetas em linha

Lusofonia Poética - Portal de poesia lusófona © desde julho de 2007
Regras, Termos & Condições de uso