Primeira Bienal Internacional de Poesia em Luanda

A primeira edição da Bienal Internacional de Poesia pretende recuperar o que a poesia foi na sua origem, a sonoridade, como consta no seu programa de recitais, embora pretenda privilegiar, numa proporção equivalente, uma mostra de textos poéticos fixados pela escrita.

A poesia foi, durante muito tempo, som, ou ritmo sonoro, obtido pelo encadeamento verbalizado da palavra dita. Só muito mais tarde se tornou escrita e, depois disso, imagem instaurada a partir do efeito da palavra, em ritmo visual.

A bienal internacional pretende que a poesia seja vista, pelo impacto da plasticidade e visibilidade das suas distintas ortografias, contrariando a ditadura interpretativa de sentidos únicos, e elegendo o efeito da democracia da palavra, no seu mais aberto e abrangente sentido artístico e estilístico.

A criação poética, incluindo a magnitude diversa do património oral, tem uma longa tradição em Angola, e a bienal deseja que a poesia esteja exposta, cantada, representada, e debatida em mesas redondas, ao longo da sua evolução diacrónica, pelos vários períodos de criação colectiva e individual, enaltecendo os seus mais prestigiados e legítimos autores.

Poetas convidados

Para além de poetas angolanos, estão convidados para o palco livre de recitais e participação nas mesas redondas, os poetas Ademir Assunção, Guido Bilharinho, Nina Rizzi, Cláudio Daniel, Wilmar Silva, Micheline Verusck, Camila Vardarac (Brasil), Amosse Mucavele, Diniz Muha, Eduardo Quive, Luís Cezerilo, Filimone Meigos (Moçambique), Luís Costa, António José Borges , Maria Ângela Carrascalão (Timor-Leste), Corsino Fortes, Elísio Filinto, José Luís Tavares, Vera Duarte (Cabo Verde), Jerónimo Salvaterra Manuel, Conceição Lima ( São Tomé e Príncipe), Ernesto Melo e Castro, Jorge Melícias, Luís Serguilha, Fernando Aguiar (Portugal), Odete Semedo, e Tony Tcheka (Guiné-Bissau).

Jornal de Angola, 12 de Março de 2012

ETQ_ACTUAL em 09.08.2012, 2.153 ETQ_ACESSO

Conteúdos Populares

Últimas no Espaço Aberto

Poetas em linha

  • Visitantes:
  • Membros:
Lusofonia Poética - Portal de poesia lusófona © desde julho de 2007
Regras, Termos & Condições de uso