Força do amor

Chegas na fragrância das macieiras em flor,
No pipilar dos pássaros andorinha
ancestrais arautos da tua chegada.

Chegas com a felicidade estampada
no brancoamarelo dos malmequeres silvestres.

Chegas e contigo chegam
as manhãs sorridentes
as esperanças renascidas.

Chegaste primavera.

2007

ETQ_ACTUAL em 09.08.2012, 2.255 ETQ_ACESSO

Conteúdos Populares

Últimas no Espaço Aberto

Poetas em linha

  • Visitantes:
  • Membros:
Lusofonia Poética - Portal de poesia lusófona © desde julho de 2007
Regras, Termos & Condições de uso