Flores em setembro

“O poeta verdadeiro é um peregrino emocional,
que nunca sabe o que achará virando uma esquina “

É tempo das andorinhas esvoaçarem
antegozando a partida.
Viagem íntima em peregrinação emocional
Permanente retorno ao sul.

O odor das flores em setembro
Traz o sentido
das imagens poéticas batendo na janela

Sempre chega um momento de partir,
um tempo de ficar.

Junho 2007

ETQ_ACTUAL em 09.08.2012, 3.702 ETQ_ACESSO

Conteúdos Populares

Últimas no Espaço Aberto

Poetas em linha

  • Visitantes:
  • Membros:
Lusofonia Poética - Portal de poesia lusófona © desde julho de 2007
Regras, Termos & Condições de uso