Falta uma Palavra

Entre a aparência e a verdade
Falta a palavra
Irremediavelmente lúcida
Que rompa como um uivo
A crosta do mundo

Aos que escolhem o seu caminho

Tudo impede a verdadeira morte

Horta, Outubro 2007.

ETQ_ACTUAL em 15.11.2016, 2.380 ETQ_ACESSO

Conteúdos Populares

Últimas no Espaço Aberto

Poetas em linha

  • Visitantes:
  • Membros:
Lusofonia Poética - Portal de poesia lusófona © desde julho de 2007
Regras, Termos & Condições de uso