O grande silêncio

o grande silêncio
onde toda a tempestade
começa e acaba

não ouve
mas dança
em palavras
feitas gesto
num saracotear de vento
de teu corpo de pássaro dágua

Angola, Angolê, Angolema 1976

ETQ_ACTUAL em 06.08.2012, 2.724 ETQ_ACESSO

Conteúdos Populares

Últimas no Espaço Aberto

Poetas em linha

  • Visitantes:
  • Membros:
Lusofonia Poética - Portal de poesia lusófona © desde julho de 2007
Regras, Termos & Condições de uso